Data: 05/03/2020 - 10:35:06

Emendas dos vereadores viabilizam
dois caminhões ao Pequeno Cotolengo

  • Emendas parlamentares viabilizaram ao Pequeno Cotolengo dois caminhões e verba ara manutenção de despesas. (Foto: Divulgação/Pequeno Cotolengo)
  • Relação dos vereadores que indicaram emendas parlamentares ao Pequeno Cotolengo em 2018. (Foto: Divulgação/Pequeno Cotolengo)
  • Vereador Geovane Fernandes e vice-prefeito de Curitiba, Eduardo Pimentel, entregam as chaves dos veículos ao padre Renaldo Lopes. (Foto: Divulgação/Pequeno Cotolengo)
  • Vereadora Professora Josete e o padre Renaldo Lopes. (Foto: Divulgação/Pequeno Cotolengo)
  • Vereador Tito Zeglin e o padre Renaldo Lopes. (Foto: Divulgação/Pequeno Cotolengo)
  • Bruno Pessuti e vice-prefeito de Curitiba, Eduardo Pimentel, entregam as chaves dos veículos ao padre Renaldo Lopes. (Foto: Divulgação/Pequeno Cotolengo)
  • Cacá Pereira e vice-prefeito de Curitiba, Eduardo Pimentel, entregam as chaves dos veículos ao padre Renaldo Lopes. (Foto: Divulgação/Pequeno Cotolengo)
  • Professor Euler e o padre Renaldo Lopes. (Foto: Divulgação/Pequeno Cotolengo)
  • “Quero agradecer os 34 vereadores que contribuíram com R$ 910 mil”, disse na tribuna Geovane Fernandes. (Foto: Rodrigo Fonseca/CMC)
Uma ação conjunta de 34 vereadores de Curitiba viabilizou a compra de dois caminhões e ainda auxiliou a manutenção de despesas do Pequeno Cotolengo, que acolhe pessoas com deficiências múltiplas (físicas e intelectuais) de todas as idades e de qualquer região do Paraná. A ação só foi possível por meio das emendas parlamentares ao orçamento, um instrumento do vereador para aperfeiçoar o Projeto de Lei Orçamentária (LOA), sugerindo a aplicação de parte dos recursos públicos. A indicação foi feita em 2018, e a entrega oficial foi realizada neste domingo (1).

Segundo a instituição, os caminhões serão utilizados pelo Bazar da Amizade, que recebe doações de roupas, móveis, livros, eletrodomésticos, itens de decoração entre outros, enquanto a verba será usada para “a manutenção de despesas com encargos sociais, energia elétrica e auxílio na folha de pagamento” (veja mais).

Ainda de acordo com o Pequeno Cotolengo, “o apoio do poder público representa cerca de 30% dos custos de nossa instituição, e sempre é bom reforçar que os 70% restante é obtido graças ao seu apoio da comunidade em geral, seja com a contribuição mensal, apoio ao nosso bazar ou ações de show de prêmios e ação entre amigos”.

O vereador Geovane Fernandes (PTB) fez o anúncio da entrega dos caminhões na tribuna durante a sessão plenária desta segunda-feira (2). “Quero fazer aqui um agradecimento, em nome do padre Renaldo [Lopes], do Pequeno Cotolengo, aos 34 vereadores que contribuíram com R$ 910 mil para a aquisição de dois caminhões mais suprimentos”.

Ele citou os vereadores que participaram, na véspera, da solenidade: Bruno Pessuti (PSD), Cacá Pereira (DC), Colpani (PSB), Tito Zeglin (PDT) e o vereador licenciado Felipe Braga Côrtes (PSD), além de assessores de Dona Lourdes (PSB), Fabiane Rosa (DC), Jairo Marcelino (PSD), Maria Manfron (PP), Mauro Bobato (Pode) e Serginho do Posto (PSDB). Fernandes ainda disse que conta, para emendas de 2020, com o apoio dos 38 vereadores.

Na solenidade, esteve presente o vice-prefeito de Curitiba, Eduardo Pimentel. “Quero também cumprimentá-lo pela excelente gestão fiscal que o senhor faz aqui com sua equipe. Por causa disso, a Prefeitura, os vereadores, o Estado e o Governo Federal conseguem investir aqui”, disse ao padre Renaldo Lopes, em vídeo publicado em seu Instagram.

Apoio em 2019
No ano passado, a Câmara, por meio de seus vereadores, também apoiou o Pequeno Cotolengo. Em maio, concedeu o prêmio Papa João Paulo II à instituição, por se destacar em atividades de apoio às causas defendidas pela Igreja Católica. No fim do ano, durante a construção do Orçamento de 2020 para o município, 34 vereadores assinaram uma emenda coletiva, destinando R$ 360 mil à instituição (308.00389.2019).

Assistência social
O Pequeno Cotolengo “acolhe pessoas com deficiências múltiplas (físicas e intelectuais) de todas as idades e de qualquer região do estado do Paraná, que foram abandonadas por suas famílias, sofreram maus tratos ou viviam em situação de risco. São cerca de 200 moradores que recebem na instituição acolhimento, educação e saúde, tudo feito com muito carinho para oferecer qualidade de vida a cada um deles.

Todo o atendimento realizado pelo Pequeno Cotolengo é gratuito para os moradores, e a instituição se mantém com o apoio de empresas e de toda a sociedade. Os prêmios recebidos pela instituição, entre eles o Selo Portal da Transparência e dois Selos ODM (Objetivos do Milênio) concedido pela ONU, certificam que o trabalho prestado está sendo feito com seriedade e construído com o apoio de toda a sociedade. O resultado desses mais de 50 anos de trabalho está refletido no sorriso dos moradores”.


Texto:   Filipi Oliveira
 
Reprodução do texto autorizada mediante citação da Câmara Municipal de Curitiba.


Arquivos para download:

Voltar