Data: 03/02/2020 - 12:56:27

Vereadores questionam de merenda escolar à implantação de binário

  • Requerimentos serão lidos na sessão plenária desta terça-feira. (Foto: rodrigo Fonseca/CMC)
Durante o recesso legislativo, os vereadores da Câmara Municipal de Curitiba (CMC) protocolaram 34 pedidos oficiais de informações à prefeitura da cidade. Os requerimentos serão lidos na sessão plenária desta terça-feira (4), antes de seguir ao Executivo, e podem ser conferidos aqui. Dentre eles, estão 12 proposições apresentadas por Maria Leticia Fagundes (PV). Em uma delas, ela questiona como é feita a aquisição da merenda escolar orgânica na capital (062.00001.2020).

Em outro documento, a vereadora pergunta qual é a natureza da relação entre a Prefeitura de Curitiba e a startup de mobilidade urbana Yellow/Griin (062.00003.2020). Outro requerimento, à Secretaria Municipal da Saúde, trata da eventual falta de medicamentos nas Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) Sítio Cercado, Boa Vista e Cajuru (062.00005.2020).

Já o vereador Dalton Borba (PDT) apresentou quatro requerimentos e, em um deles, solicita informações ao Município sobre o alargamento da terceira faixa da avenida Victor Ferreira do Amaral, entre as ruas Brasílio de Lara e Pastor Manoel Virgínio de Souza (062.00023.2020). Ele indaga, por exemplo, qual foi a autorização ambiental concedida para a remoção da área arborizada e quais seriam as medidas compensatórias.

O transporte público foi mote de dois requerimentos do vereador Rogério Campos (PSC). Num deles, o parlamentar pergunta sobre o cumprimento da lei municipal 14.718/2015, que dispõe sobre a identificação da pessoa com deficiência por meio do cartão-transporte, garantindo fácil acesso à compra de meia-entrada na cidade (062.00025.2020). O outro documento pergunta a quantidade de passagens já adquiridas pelos passageiros que perderam validade no ano de 2019 (062.00024.2020).

A autorização para a soltura de fogos de artifício durante a festa de comemoração ao Dia do Instalador, realizada no Restaurante Madalosso, no dia 24 de janeiro deste ano, foi questionada ao Executivo por Fabiane Rosa (DC). Ela quer saber se a empresa foi liberada para usar fogos com estampido e, caso contrário, se haverá punição por essa atitude (062.00026.2020).

Professor Euler (PSD) também apresentou 12 pedidos de informações ao Executivo. Um deles questiona os contratos firmados entre a Prefeitura Municipal e o Grupo Greca Asfaltos (062.00663.2019). Ele pede cópias dos tratos estabelecidos desde 2014. Em outra proposição, requer dados sobre a acessibilidade nas escolas municipais (062.00666.2019).
Os vereadores Mauro Bobato (Pode) e Cacá Pereira (DC) completam a lista de autores dos pedidos encaminhados. O primeiro questiona o Executivo sobre o cumprimento de emenda parlamentar de R$ 50 mil destinada ao Fundo Municipal de Assistência social (062.00674.2019). Pereira pergunta sobre a possibilidade da instalação de um binário para as ruas Raul Pompeia e Álvares de Azevedo (062.00675.2019).

Texto:   Claudia Krüger
Revisão:   Fernanda Foggiato
 
Reprodução do texto autorizada mediante citação da Câmara Municipal de Curitiba.


Arquivos para download:
  • Fotos:

Voltar