Data: 23/01/2020 - 08:52:56

Orçamento 2020: Paulo Rink reserva
R$ 200 mil ao Hospital Cajuru

  • Vereador Paulo Rink contribuiu com R$ 200 mil em emenda de R$ 560 mil ao Hospital Cajuru. (Foto: Carlos Costa/CMC)
  • Das emendas individuais de Rink, somaram-se R$ 150 mil em recursos destinados às áreas do esporte e do lazer. (Foto: Rodrigo Fonseca/CMC)
Pelo quarto ano seguido, a Câmara Municipal de Curitiba (CMC) destina recursos que devem incrementar os investimentos feitos ao Hospital Cajuru. Neste ano, o Legislativo aprovou junto ao orçamento para 2020, acatado pelos vereadores no final do ano passado, uma emenda coletiva no valor de R$ 560 mil, montante do qual o vereador Paulo Rink (PL) participou com R$ 200 mil  (308.00098.2019). Os recursos contribuirão para a aquisição de um sistema Radiográfico Digital – Raio X e uma torre de videolaparoscopia. Em anos anteriores, os repasses dos vereadores somaram R$ 1,9 milhão (saiba mais). 

Das emendas individuais de Rink, também somaram-se R$ 150 mil em recursos destinados às áreas do esporte e do lazer. Entre as proposições estão R$ 50 mil reservados à Secretaria Municipal do Esporte, Lazer e Juventude (SMELJ) para custear despesas com manutenção de piscinas de hidromassagem à disposição da população (308.00347.2019). Outra emenda, no valor de R$ 30 mil, servirá para a aquisição de materiais esportivos e ao desenvolvimento do esporte (308.00341.2019). 

Outras cinco emendas completam os recursos destinados pelo vereador ao esporte: R$ 20 mil para despesas com materiais para premiações esportivas, culturais e artísticas (308.00343.2019); R$ 20 mil para compra de itens esportivos à Associação Esportiva Master da Donas da Bola (308.00471.2019); R$ 25 mil para custear custos com arbitragem, bolas, redes, coletes e outros na Copa Curitiba futebol Sub-15 (308.00564.2019 e 308.00562.2019); e R$ 10 mil ao Instituto de Promoção do Paradesporto (308.00339.2019). 

Transparência
orçamento de Curitiba para 2020 é estimado em R$ 9,4 bilhões para manutenção da estrutura de atendimento à população e realização de investimentos. Assim como para a lei orçamentária de 2019, esse ano os vereadores puderam indicar R$ 38 milhões na LOA 2020 na rubrica “reserva de contingência”. Na LOA, a reserva de contingência não é destinada a nenhum órgão ou projeto específico, pois não detalha onde os recursos serão aplicados, servindo para garantir o equilíbrio das contas públicas em situações imprevistas.

O montante foi dividido em uma cota de R$ 1 milhão para cada parlamentar – em emendas individuais, somaram-se R$ 27,822 milhões; em emendas coletivas, R$ 9,9 milhões. A CMC ainda aprovou uma emenda da prefeitura e uma da Comissão Executiva do Legislativo (veja mais). Desde 2014, a Câmara Municipal de Curitiba dá ampla publicidade às emendas parlamentares, coletivas e individuais. O relatório completo com as 748 emendas individuais está disponível aqui. Todas as indicações também podem ser consultadas no Sistema de Proposições Legislativas (SPL). O cumprimento das emendas depende da autorização do prefeito Rafael Greca. A divulgação das emendas segue a ordem alfabética dos vereadores. 


Texto:   Claudia Krüger
 
Reprodução do texto autorizada mediante citação da Câmara Municipal de Curitiba.


Arquivos para download:
  • Fotos:

Voltar